4° força é líder com desfalques

junho 15, 2017

O Corinthians continua líder do campeonato brasileiro.

Enquanto tem time (e financeira) que já gastou os tubos em reforços, contrata outro treinador que pede mais reforços, Fábio Carille com desfalques elogia o banco de reservas, principalmente Marquinhos Gabriel, que conseguiu recuperar e de novo participa muito bem de lances de gols e boas jogadas.

Contra o Cruzeiro tivemos menos gols que os outros jogos como São Paulo e Vasco, porém cada adversário tem um estilo, e os de Mano marcam forte.

No 2° tempo não fizemos mais gols por causa do goleiro deles, mas também porque o Cruzeiro veio pra cima querer o empate.

Alguns jogadores podem sentir e já sentem a sequência, o estilo do time é de muita marcação e correria, mas resistiu ao 2° tempo.

Rodriguinho foi tirado do time para ver canguro e jogar miseros 20 minutos, mas esta de volta para o jogo de domingo.

O time caminha bem, pois claramente é bem treinado, não é um catado em campo como muito vimos ano passado no brasileirão, o que nos deixou assustado.

Confronto direto contra o Coritiba fora de casa.

Jadson jogou com dores, seria legal uma semana para ele se recuperar.

Muitas criticas ao Jadson nas redes sociais, principalmente twitter ( me sigam la @paulo_maratona ). Discordo de muitas delas, pois o camisa 10 tenta o passe mais agudo e sempre sofre a maior marcação do adversário, existe muita falta de paciência com camisas 10 no Corinthians, e não é de hoje.

Já Giovani Augusto, esta tendo todas as chances do mundo, não pode reclamar, mas ainda não rende.

4° força, desfalcada, enfrentando rivais cosiderados super favoritos esta vencendo e invicta, tendo perdido 2 jogos só no inicio da temporada e nao perdeu clássicos.

Mas ainda faltam loooongaaaaas 32 rodaaaadaasssss, os adversários vao conhecendo o estilo, as partidas ficam mais duras, gente lutando pra sair do Z-4, pra tentar vaguinha na neura.

E pra concluir…se aquele penalty que não marcaram pro Sport….fosse contra a gente…meu Deus…teríamos uma invasão de jornalistas com tochas acesas, paus e pedras no parque são jorge…choveriam acusações de esquema…

Mas como foi pro time querido da mídia…silêncio ensurdecedor!!!

Anúncios

5 gols com 3 desfalques

junho 8, 2017

O Corinthians fez um 1° tempo como de sempre, marcando bem fez um gol no começo e no fim do tempo.

O Vasco ficava com a bola e o time indo nos contra-ataques.

O Corinthians não faz 1×0 e recua, ele fica na espreita de tentar encaixar um contra-ataque, e por serem jogadas mais rápidas, de velocidade e pouco tempo pra pensar, diferente de um ataque normal com o domínio e controle da bola, os passes precisam ser ainda mais cirurgícos e com pouco tempo pra se pensar, o que gera erros…mas quando encaixa…é gol.

O importante é que ontem 2 reservas importantes apareceram para a equipe, Clayson e Marquinhos Gabriel. Além de Pedrinho que entrou bem e Clayton, que vinha muito mal, perdia gols mas ontem fez 2. Porém com Clayton eu espero um pouco mais pra elogiar, o resto já me parecem mais concretos.

Um gol dentro da área e uma assistência de 30 metros para Jô marcar, Marquinhos Gabriel fez o segundo ótimo jogo pelo time.

No segundo tempo o time sofreu um FATAL ERROR e tomou em 2 minutos 2 gols, mais gols do que todo o resto do campeonato, tinham-se passado 405 minutos com apenas 1 gol em 4 jogos e o 1° tempo de ontem.

E quase tomamos o terceiro, quase mesmo.

Gol de cabeça que a bola resvala na mão agora vale para o comentarista da globo, ao lado de Casão azedo e Cleber Machado desligado que adora perder um lance.

Porém o time teve tranquilidade para passar por esse momento bizarro no campo, conseguiu o 3° em contra-ataque onde Maycon, volante que vem de trás sempre faz estrados desde os tempos de Elias, de Rincon, de Moacir…

Ai o estádio que estava eufórico, se calou de novo, deixaram de apoiar o tri-rebaixado, que se depender do artilheiro de gols inúteis pra alguma coisa tem tudo pra conquistar o treta.

Mais um bom jogo da 4° força, mesmo desfalcada de Rodriguinho, Fagner e ROmero.

Sim…com Romero acho que não teríamos o cruzamento do 2° gol sofrido.

 


Corinthians 3×0 Santos

junho 3, 2017

carille

1° tempo duro

2° tempo domínio total, o Corinthians nos 45 minutos finais fez uma ótima partida, o melhor momento do time no campeonato brasileiro.

Maycon machucou e Camacho entrou bem, dois bons lances logo de cara.

O Santos ficou acuado desde o começo, espremido nas cordas como aquele boxeador que esta levando uma surra.

O gol saiu com Pedro Henrique, após uma reunião de 2 horas, o bandeirinha me vê um impedimento inexistente, e o auxiliar atrás do gol que não serve pra nada, calado não ajuda nada….. gol mal anulado, mas que eu não tiro do placar…. 1×0.

O time não se abalou e poucos minutos depois o gol saiu com Romero, o lateral direito que mais gols marca.

Gols em jogadas coletivas, tabelas e a bola vai chegando na frente, o time não depende de um jogador, o campeonato é equilibrado, não tem um super time (apesar da imprensa ter falado que Santos e o time verde eram imbatíveis em janeiro) o coletivo fará a diferença, e isso a equipe de Carille tem.

O terceiro gol saiu em bela virada de Jadson e Jô marcou mais um em clássico, em 6 meses já fez mais gols decisivos que muito camisa 9 fabuloso por ai..

Jadson merece uma observação, ele não toca de lado, não da passe curto, ele tenta a jogada mais aguda, de criação, de enfiar a bola e deixar alguém na cara do gol, é também quem sofre a maior marcação, a vida do 10 não é fácil, ele irá errar passes sim, e muitos X% de erros….chega a ser normal….anormal seria acertar tudo, ai seria um Deus.

Mas basta acertar 20% desses passes mais agudos…que pode fazer toda diferença de uma partida, deixando alguém na cara do gol, ou criando espaços…

O Gilmar Fubá, que torcemos para se recuperar da saúde, acertava 100% dos passes, todos pro lado com 30 centímetros de distância no máximo.

Estatística é relativa.

E se o gol anulado fosse pro Santos a imprensa esportiva estaria ovulando, babando, repetindo o lance 4052085729834791385934 vezes.

O campeonato estaria comprado, manchado em esquema insinuado em programa esportivo, na qual o clube precisa começar a processar jornalista que acusa, sem provas, favorecimentos.

Jornalista tem todo direito e deve sempre ter liberdade de expressão, como todos nós em uma democracia de país livre, mas se acusar algo tão grave, que prove, senão..que pague!

A 4° força, no coletivo, continua em 1°.

Porque o futebol não tem mais tantos valores individuais super craques como no passado, ele sempre foi coletivo, mas tinhamos foras de séries que poderiam mudar um jogo e o coletivo ficava meio que 2° plano…hoje temos bons jogadores, não iguais do passado…portanto…. os 11 juntos farão a diferença…e não 2 ou 3.

Vai Corinthians


4° força líder do Brasileirão

maio 28, 2017

DA8XadnXcAAb3e-

A 4° força volta a estar novamente a frente do Real Madrid Verde e demais mega favoritos ao brasileirão, igual ao paulistão.

Foi 1×0 de novo, assim como foi no brasileirão 2011, em 2012 na neurose e por muitos anos da era Mano e Tite, exceto o 2° semestre de 2015.

O time foi forte na marcação, fez 1 gol em bela jogada, igual semana passada porém ainda perdemos 2 gols feitos na partida, o que mascara um pouco e da ar mais “dramáticos” para o 1×0.

Cássio fez uma bela defesa mas o que importou é que, se em dezembro de falava qeu 2017 poderia ser igual 2007, por uma mera coincidência de números e 1 década exata de diferença, o que temos é um time seguro igual nas eras Mano e Tite, porém com muito menos peças de reposição e com as finanças arrebentadas, Carille consegue dar solidez a equipe.

Pensando fora da caixa, fora da visão do nosso time, pense na visão do time adversário, enfrentar o Corinthians de Carille é coisa encardida, complicada, o time tem suas peças anuladas e não consegue jogar no seu ritmo normal.

Ainda falta muito chão, 35 jogos e o 2° semestre todo pela frente, janelas de transferências, lesões, cartões…ser líder hoje não significa o título, mas significa que após o paulista, o bom andamento na copa sulamericana, a eliminação contra o inter (hoje sem treinador, onde tivemos muitas chances perdidas) e a liderança atual nos da tranquilidade para em Junho, pensar e ter muito mais esperanças do que se tinha em dezembro na véspera de natal.

  • Curtinhas:
  • Casagrande é puro azedume nos comentários
  • Assisti Atlético-MG x Ponte…a ponte, vice paulista, que ganhamos com sobra, vencia fora de casa por 2×1, mas ai seu treinador tirou um meia e colocou um 3° zagueiro aos 30 do 2° tempo, e o zagueiro ainda era o Rodrigo….aos 34 tomou o gol de empate…lance em cima do…Rodrigo…Gilson recuou…bem feito.
  • O time ainda não tem patrocinio master, é impressionante como Gobbi e Roberto deixaram de arrecadas milhões por muitos e muitos dias…meses…sem patrocinador master….uma vergonha!

E você? o que achou do jogo e o que espera para as demais rodadas?

Vai Corinthians


Vitória na estréia de Marquinhos Gabriel

maio 21, 2017

O campeonato brasileiro é longo, muito longo.

Os times que ainda estão jogando a neurose da liberta colocam reservas, jogam porcamente e perdem todas (depois vão ter que correr atrás, que repitam pela enésima vez esse erro, todo ano é igual), os outros times terminaram os regionais 1 semana antes.

Ainda vai um tempo para engrenar, mas 4 pontos de 6 da tranquilidade pro início da competição, o time foi em primeiro lugar organizado.

Em segundo lugar, organizado, em terceiro lugar organizado e em quarto lugar começou a ter mais chances no 2° tempo…poucas, mas o Vitória não deixou nossa vida um inferno.

Mais um gol de Jô em boa entrada e finalmente estréia de Marquinhos Gabriel.

Em um torneio tão loooongoooo, ter peça no banco é importante, e hoje, se antes Marquinhos era banco mas nunca correspondia, hoje os 3 pontos finalmente vieram de um reserva, ponto positivo pro resto do campeonato, seja por desfalques de lesão, convocação ou jornadas ruins.

E você, o que espera pro Brasileirão?

Vai Corinthians


Chapecoense marca mais forte que Inter, São Paulo e Ponte Preta juntas

maio 13, 2017

Empate na estréia do brasileirão, em casa.

No 1° tempo  fez 1×0 cedo e teve bastante tempo para fazer o 2° gol, não sofríamos.

No 2° tempo a coisa se inverteu, em 50 minutos demos 1 chute no gol, que foi pra fora. A Chapecoense empatou e em escanteio quase virou.

Nos marcou de maneira melhor que Ponte, São Paulo, Real Madrid Verde e Manchester do Gonzaga.

Nosso gol saiu no pivô, passe de Rodriguinho para Jô girar e marcar.

Mas essa jogada nunca mais aconteceu o resto do jogo todo, Rodriguinho, Jadson e Jô ficaram distantes um do outro e a Chapecoense foi nos anulando, anulando, a ponto de Balbuena começar a fazer lançamentos , ai o jogo já tava indo pro ralo…

E cuidado com essa jogada, ela funcionou bem até aqui, mas os adversários já começam a traçar jeitos de anular o pivô.

Fagner nervoso na partida, reclamação e cartão amarelo…a gente reclama de juiz, mas se o juiz quisesse, teria dado outro amarelo em falta que matou contra-ataque…não deu.

Os únicos bons momentos do 2° tempo foram o chute pra fora do Rodriguinho e um contra-ataque dos sonhos…3×1…mas Romero, excelente na marcação, matou o contra ataque.

2 pontos perdidos, ainda tem chão, mas a Chapecoense nos anulou no 2° tempo como nenhuma outra quipe fez, o Inter não conseguiu (lembra quantos gols perdidos aqui?) e os outros times do paulistão…….trabalho pro Carille, que já mostrou que sabe…

Falta elenco pra mexer no 2° tempo? Sim falta…mas qual time tem peça pra muda o jogo no 2° tempo? quantos?

Nosso time veio de 5 jogos seguidos de alta intensidade, as semi finais e finais do paulista e o jogo fora contra a Universidade do Chile…e foi bem em todos eles…. pagou um pouco o preço hoje.

Vai Corinthians


Vitória sem medo fora de casa

maio 11, 2017

carilleeeaAs últimas vezes que vi o Corinthians jogando fora de casa em um torneio internacional o time jogou de calção e um fraldão por baixo.

Poucos chutes a gol, em alguns casos, nenhum, ou um ou dois… time inteiro atrás da linha da bola.

Alías, o que é bom, um time tem que se defender, mas precisa contra-atacar e se o adversário não oferece resistência tomar conta do jogo e atacar.

Ontem o time, mesmo com 2×0 de vantagem mostrou no 1° tempo que foi para matar a partida, bola na trave, boa troca de passes e no 1° tempo mais um belo gol de Rodriguinho, com Jô ali de pivô de costas pro gol e Romero marcando melhor que o Paulo Roberto ou Léo Principe ou qualquer outro lateral direito.

Nas duas vezes que o time do chile chegou, Cássio foi bem

Time chileno que entre todos adversários de brasileiros na primeira fase da sulamericana era considerado o mais forte.

Fazer um gol ontem significaria afundar de vez as chances do adversário, que teria que fazer 4….é melhor matar logo do que dar espaço pra recuperações, e isso é dado com time recuado e com medo.

Deu 4×1, o “Corinthians faz poucos gols” diziam…e só não fez mais porque o time vinha de 2 jogos de alta intensidade de final e já começou a pensar na partida de estréia do brasileirão.

Legal que no começo do ano, era time pra cair, ai foi melhorando e o Casão disse “meio da tabela”…ontem disse que tinha gente na frente…mas quantos?

E a concentração do Fábio Carille a beira do campo? não fica berrando, dando piti nervosinhu igual uns ae, que se acham TOP…. ta la..trabalhando.

E você, o que acharam do time ontem?

organizado é pouco!


%d blogueiros gostam disto: