Classificado estilo 2011 / 2012


A última impressão boa que o time do Corinthians passou foi em 2015, no 2° semestre ….pois o 1° foi marcado por eliminações em casa, vexatórias.

Mas o 2° semestre foi tão bom que algumas coisas se apagam da memória, mas pelo menos pra mim não.

O time esta classificado para a semi final do paulista, 1xo contra o Botafogo, coisa que muita gente não acreditava, apenas 2 derrotas, sendo que uma delas la na estréia…quando o time se ajeitava, e invicto nos clássicos.

O futebol apresentado no jogo de ida e volta contra o Botafogo é idêntico…vou por com maisculas e separado… I D Ê N T I C O ao time 2011/2012…o tempo passa e parece que a memória é seletiva.

O time começa forte, poderia ter feito o gol cedo se não fosse a máscara do tamanho de Itaquera do Rodriguinho, minutos depois em passe perfeito de Jadson, Rodriguinho se “redimiu”, entre aspas porque aquilo é imperdoável…..Rodriguinho precisa fazer o simples, não tem o mesmo nível de Jadson pra tentar fazer um gol daquele, com 0x0…..o jogo foi complicando depois daquele lance de pura arrogância e irresponsabilidade.

Cássio salvou a pele do meia.

No 2° tempo o Corinthians, com 1×0…cozinha o galo.

Cansei de ver isso na era Mano, cansei de ver isso na era Tite (exceto 2° semestre 2015)

Foi assim em 2011, foi assim em 2012, dificilmente o time se arriscava para o 2° gol.

Postura diferente contra a Universidade do Chile, por ser a 1° partida em casa, o time foi pra cima tentando ampliar o placar e aliviar na volta, la Carille jogou com o regulamento, fez 2×0 e se não fosse os gols perdidos pelos atacantes teria sido 4×0.

Ali Carille foi estilo 2° semestre de 2015…mas na volta, ele terá o regulamento no braço.

Já no paulista, ele não quis se expôr tanto assim, era o 2° jogo.

Repito, 2015 é a ultima impressão da era Tite, 6 meses de 1×0 e buscava a goleada, antes sempre foi igual ontem, o que também gerou títulos, mas as critícas na época ao 1×0 não rão tao pesadas como agora, pois o time já vinha do titulo do br 2011…

E será assim em todos os jogos, até o time voltar a ter mais confiança, mais capacidade de se reforçar, de manter elenco, de não sofrer desmanches e manter espinha dorsal ano após ano, com reservas preparados.

Dado o caos que o trio Sanchez, Gobbi e Roberto colocou nas finanças do clube, até aqui em abril, o time esta bem.

Pra fechar, infelizmente ontem o Casagrande no fim do jogo resolveu prever o apocalipse no brasileirão, que nem começou…afinal no paulista e sulamericana esta indo pra frente, não deu pra falar mal até agora.

Carille faz o que pode e não se arrisca, igual seu Professor em 2011, porém com uma equipe muito inferior aquela.

 

Anúncios

4 Responses to Classificado estilo 2011 / 2012

  1. Leandro disse:

    Perfeito, Paulo. Antes de mais nada, Carille sabe que tem que sobreviver ao cargo (com diretoria, parte da imprensa e alguns setores da torcida jogando contra).

    O time não vai dar show em 2017. Pode ser campeão em um dos torneios mata-mata que o ano apresenta e vai fazer boa figura no Brasileirão. Sempre com muito “pragmatismo” e IN-TEN-SI-DA-DE.

    O elenco não é excelente. Regular para bom. Nota 6,5 ou 7. Até dá pra jogar mais, mas aí entra a coisa da sobrevivência. Pra que se arriscar em jogo com o Botafogo-SP?

    Agora é fazer bom resultado sem tomar gols do Inter-DVD no meio da semana e iniciar a trajetória na semifinal do Paulistão no domingo.

    Vai, Corinthians.

  2. 1 a 0 é goleada e empate fora é bom resultado. Com essa filosofia faturamos títulos e Tite foi endeusado. Com io elenco que tem, Carille até que está se saindo bem. Não tem ingredientes para preparar um banquete, mas não deixa ninguém morrer de fome. #VaiCorinthians

  3. Concordo com você, o estilo é exatamente esse! Talvez em 2011 o ataque tivesse um pouco mais de qualidade, assim, mesmo sendo defensivo, o time aparecia um pouco mais com as chances de gol. Abs

%d blogueiros gostam disto: