Empate fora contra o VHS


Vamos aqui relembrar algumas Copas do Brasil que o Corinthians ganhou, ou se quiser até outros times.

Diversas vezes o negócio n°1 é não perder fora de casa, e se possível marcar um gol.

O time do VHS (DVD é coisa de 1°) sempre joga com muita vontade contra a gente, o começo do jogo foi acelerado, numa velocidade irreal pra qualquer partida, se atuassem sempre assim, parecia grenal, com certeza não teriam caído.

O Corinthians poderia ter vencido e feito mais gols ( o Inter também) não foi aquellaaaaa retranca, tivemos chances…Romero perdeu um gol no 1° tempo…mas quem perdeu gol mesmo foi ele…

Giovani Augusto poderia se matricular numa dessas academias de Crossfit, ele ta mais pra fitness do que pra jogador, ta muito grande, esta no esporte errado, não se perde um gol daquele.

Empatamos sem o principal jogador do time, Jadson, e o artilheiro dos clássicos Jô, portanto foi um bom resultado, sempre lembrando que o clube foi destruído por 3 administrações irresponsáveis do lado fiscal, o time possui claramente um padrão de jogo, fato que não ocorreu ano brasileiro do ano passado.

Com a volta da dupla, preservada ontem, jogando em casa, temos tudo pra eliminar o time que tentou o tapetão.

E fica aqui meus parabéns ao narrador da Fox Sports, pelo põe no dvd no gol…nos dias de hoje, cheios de mimimi e nhenhenhe, ele deve ta recebendo até ligação com ofensas.

Anúncios

2 Responses to Empate fora contra o VHS

  1. Leandro disse:

    Jogo foi divertido, bom demais o ritmo e a emoção até o fim. Inter poderia ter matado o confronto no primeiro tempo e o Corinthians no segundo.
    Corinthians ainda erra passes demais. Esse detalhe é o que transforma a posse de bola em coisa rara no time do Carille.
    Romero faz gol porque tá no jogo. Mas mata 10 jogadas antes de colocar a bola na rede. Porém, fica difícil criticar o paraguaio quando você vê dois jogadores sem alma como M. Gabriel e G. Augusto em campo.
    Mais uma vez gostei do Clayton. Mas sofreu da mesma solidão lá na frente que o artilheiro Jô.
    Rodriguinho foi legal, mas vez por outra esquece de soltar a bola e maaaata o contra aatque.
    Arana muito bem e mais uma assistência. Já Fagner foi nota 6. Gabriel me surpreendeu pela não violência (quem diria).
    Mas meu destaque mesmo foi Balbuena. Acho o zagueiro limitado, mas fez um partidaço contra o chorões do Sul.
    Acredito na classificação na nossa querida Itaquera.

  2. Um pênalti não marcado e um escanteio inexistente que deu origem ao gol dos chorolados. Acho que o árbitro ficou com medo de sair no DVD.
    O árbitro ficou com medo do DVD?
    http://timaoparasempre.blogspot.com

%d blogueiros gostam disto: