Corinthians 3×0 Santos


carille

1° tempo duro

2° tempo domínio total, o Corinthians nos 45 minutos finais fez uma ótima partida, o melhor momento do time no campeonato brasileiro.

Maycon machucou e Camacho entrou bem, dois bons lances logo de cara.

O Santos ficou acuado desde o começo, espremido nas cordas como aquele boxeador que esta levando uma surra.

O gol saiu com Pedro Henrique, após uma reunião de 2 horas, o bandeirinha me vê um impedimento inexistente, e o auxiliar atrás do gol que não serve pra nada, calado não ajuda nada….. gol mal anulado, mas que eu não tiro do placar…. 1×0.

O time não se abalou e poucos minutos depois o gol saiu com Romero, o lateral direito que mais gols marca.

Gols em jogadas coletivas, tabelas e a bola vai chegando na frente, o time não depende de um jogador, o campeonato é equilibrado, não tem um super time (apesar da imprensa ter falado que Santos e o time verde eram imbatíveis em janeiro) o coletivo fará a diferença, e isso a equipe de Carille tem.

O terceiro gol saiu em bela virada de Jadson e Jô marcou mais um em clássico, em 6 meses já fez mais gols decisivos que muito camisa 9 fabuloso por ai..

Jadson merece uma observação, ele não toca de lado, não da passe curto, ele tenta a jogada mais aguda, de criação, de enfiar a bola e deixar alguém na cara do gol, é também quem sofre a maior marcação, a vida do 10 não é fácil, ele irá errar passes sim, e muitos X% de erros….chega a ser normal….anormal seria acertar tudo, ai seria um Deus.

Mas basta acertar 20% desses passes mais agudos…que pode fazer toda diferença de uma partida, deixando alguém na cara do gol, ou criando espaços…

O Gilmar Fubá, que torcemos para se recuperar da saúde, acertava 100% dos passes, todos pro lado com 30 centímetros de distância no máximo.

Estatística é relativa.

E se o gol anulado fosse pro Santos a imprensa esportiva estaria ovulando, babando, repetindo o lance 4052085729834791385934 vezes.

O campeonato estaria comprado, manchado em esquema insinuado em programa esportivo, na qual o clube precisa começar a processar jornalista que acusa, sem provas, favorecimentos.

Jornalista tem todo direito e deve sempre ter liberdade de expressão, como todos nós em uma democracia de país livre, mas se acusar algo tão grave, que prove, senão..que pague!

A 4° força, no coletivo, continua em 1°.

Porque o futebol não tem mais tantos valores individuais super craques como no passado, ele sempre foi coletivo, mas tinhamos foras de séries que poderiam mudar um jogo e o coletivo ficava meio que 2° plano…hoje temos bons jogadores, não iguais do passado…portanto…. os 11 juntos farão a diferença…e não 2 ou 3.

Vai Corinthians

Anúncios

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: